sexta-feira, 24 de julho de 2009

Quanto vale a nossa diversão?






Lamartine dizia que "entre a brutalidade para com o animal e a crueldade para com o homem a uma só diferença: A vítima". A falta de espaço físico, movimentos repetitivos causam sérios problemas patológicos aos animais de circo, além de serem treinados com muita brutalidade. A diversão vem ao assistir animais sendo ridicularizados como ursos em bicicletas ou cães jogando futebol, vendo animais em zoológicos que muitas vezes estão estressados por serem expostos o dia todo em espaços que muitas vezes mal suporta seu tamanho físico.

No dia 23 deste mês um elefante foi apreendido em um sítio de Limeira e levado ao Parque Ecológico de Leme. O animal de 50 anos era mantido em cativeiro acorrentado em um pequeno espaço protegido por uma cerca elétrica em meio à sujeira. Bambi como é chamada pertencia a um circo e foi levada ao sítio porque segundo o proprietário muitas cidades proibiram animais sendo apresentados nos picadeiros. Documentação comprovando a autorização do Ibama não foi apresentado e o dono do circo vai responder pelo crime de maus tratos e a pena pode chegar a um ano de prisão.
Outro caso recente foi à morte de sete animais este ano no zoológico de Goiânia que provocou a interdição temporária do zoológico e todos os 600 animais que vivem no local serão submetidos a exames.

Causa da morte dos animais:
-Leão - Tumor hepático
-Onça pintada - anestesiada para um tratamento dentário, teve parada cardiorrespiratória. Tinha insuficiência cardíaca e renal
-Hipopótamo macho - Teve uma lesão na pata que evoluiu para um infecção generalizada
-Hipopótamo fêmea Após a morte do companheiro, se isolou e não se alimentava mais. Tinha tumor mamário
-Tamanduá-bandeira - Edema pulmonar
-Jacaré-açu - Ferimentos internos causados por anzol
-Girafa - Morte ainda sob investigação. Sabe-se que ela tinha anemia

O diretor do zoológico afirmou que o espaço passará por adequações físicas solicitadas pelo Ministério Público Estadual, pois em Abril o MPE e o Ibama fizeram uma vistoria no zoológico e constataram algumas irregularidades, dentre as quais a presença de ratos, pombos e urubus.
Maus tratos a animais são constantes e chocantes em todo o mundo. Em Agosto passado 2 chimpanzés foram apreendidos, ambos com os dentes e os testículos arrancados, com marcas de correntes no pescoço e com estress crônico.
Não podemos apoiar estes estabelecimentos, devemos explicar as nossas crianças que cada ser vivo quer ser livre e apontar a importância e os valores da liberdade.

Segundo Pythagoras, os animais dividem conosco o privilégio de terem uma alma. Somos todos criaturas divinas que merecem respeito, admiração, cuidado, amor, proteção...



2 comentários:

  1. Muito boa a matéria. De fato uma crueldade tirar os animais de seu habitate natural para morrerem dessa forma. Qual seria a solução proposta pela Ong para que esse tipo de coisa não aconteça mais?

    ResponderExcluir
  2. Luciane Puglisi Marreto3 de agosto de 2009 11:19

    O fato é que devemos evitar ambientes como esse e ensinar as crianças o valor e a importancia da liberdade e da manutenção das espécies em seu habitat natural, desta forma desestimulamos esse tipo de apresentação e comércio.

    ResponderExcluir