sexta-feira, 24 de julho de 2009

Quanto vale a nossa diversão?






Lamartine dizia que "entre a brutalidade para com o animal e a crueldade para com o homem a uma só diferença: A vítima". A falta de espaço físico, movimentos repetitivos causam sérios problemas patológicos aos animais de circo, além de serem treinados com muita brutalidade. A diversão vem ao assistir animais sendo ridicularizados como ursos em bicicletas ou cães jogando futebol, vendo animais em zoológicos que muitas vezes estão estressados por serem expostos o dia todo em espaços que muitas vezes mal suporta seu tamanho físico.

No dia 23 deste mês um elefante foi apreendido em um sítio de Limeira e levado ao Parque Ecológico de Leme. O animal de 50 anos era mantido em cativeiro acorrentado em um pequeno espaço protegido por uma cerca elétrica em meio à sujeira. Bambi como é chamada pertencia a um circo e foi levada ao sítio porque segundo o proprietário muitas cidades proibiram animais sendo apresentados nos picadeiros. Documentação comprovando a autorização do Ibama não foi apresentado e o dono do circo vai responder pelo crime de maus tratos e a pena pode chegar a um ano de prisão.
Outro caso recente foi à morte de sete animais este ano no zoológico de Goiânia que provocou a interdição temporária do zoológico e todos os 600 animais que vivem no local serão submetidos a exames.

Causa da morte dos animais:
-Leão - Tumor hepático
-Onça pintada - anestesiada para um tratamento dentário, teve parada cardiorrespiratória. Tinha insuficiência cardíaca e renal
-Hipopótamo macho - Teve uma lesão na pata que evoluiu para um infecção generalizada
-Hipopótamo fêmea Após a morte do companheiro, se isolou e não se alimentava mais. Tinha tumor mamário
-Tamanduá-bandeira - Edema pulmonar
-Jacaré-açu - Ferimentos internos causados por anzol
-Girafa - Morte ainda sob investigação. Sabe-se que ela tinha anemia

O diretor do zoológico afirmou que o espaço passará por adequações físicas solicitadas pelo Ministério Público Estadual, pois em Abril o MPE e o Ibama fizeram uma vistoria no zoológico e constataram algumas irregularidades, dentre as quais a presença de ratos, pombos e urubus.
Maus tratos a animais são constantes e chocantes em todo o mundo. Em Agosto passado 2 chimpanzés foram apreendidos, ambos com os dentes e os testículos arrancados, com marcas de correntes no pescoço e com estress crônico.
Não podemos apoiar estes estabelecimentos, devemos explicar as nossas crianças que cada ser vivo quer ser livre e apontar a importância e os valores da liberdade.

Segundo Pythagoras, os animais dividem conosco o privilégio de terem uma alma. Somos todos criaturas divinas que merecem respeito, admiração, cuidado, amor, proteção...



sexta-feira, 17 de julho de 2009

Empresa Embalo investe em projetos de educação ambiental



A ONG EPA BARRUS, em parceria com a Base Aérea de Anápolis, e a Secretaria Municipal de Educação Ciência e Tecnologia de Anápolis recebe apoio da Empresa Embalo Embalagens em ações de educação ambiental para incentivar a formação de uma nova geração preocupada com as questões ambientais. Para o dia dos Portões Abertos da Base Aérea de Anápolis será distribuído mais de 6000 marcadores de pagina com imagens do cerrado impressos em papel reciclado patrocinado pela empresa Embalo com o intuito de divulgar as belezas naturais existentes no Bioma Cerrado valorizando desta forma a rica biodiversidade existente em nosso estado e despertar na população Anapolina a responsabilidade pela preservação do nosso Bioma.

A Embalo Embalagens é uma empresa nacional situada no município de Anápolis a cerca de 60 km de distancia de Goiânia fundada em Dezembro de 1974 e tem atuado no mercado de embalagens flexíveis e com grande preocupação com as questões ambientais.

terça-feira, 14 de julho de 2009

A autodepuração dos cursos d’água



Um corpo d’água poluído por lançamentos de matéria orgânica biodegradável pode sofrer um processo de recuperação denominado de autodepuração que é realizada por meio de processos físicos (diluição, sedimentação), químicos (oxidação) e biológicos. A decomposição da matéria orgânica corresponde, portanto, a um processo biológico integrante do fenômeno da autodepuração por um processo de decomposição através de microorganismos aeróbios causando um decréscimo nas concentrações de oxigênio dissolvido na água devido à respiração dos microorganismos decompositores. Tal processo é completada com a reposição, pela reaeração, deste oxigênio consumido.
O processo de autodepuração pode ser dividido em duas etapas:
1º Decomposição
A quantidade de oxigênio dissolvido na água necessária para a decomposição da matéria orgânica é chamada de Demanda Bioquímica de Oxigênio – DBO. Em outras palavras o oxigênio dissolvido vai ser consumido pelos microorganismos diminuindo a quantidade do oxigênio pela digestão da matéria orgânica. Conhecendo a DBO , pode-se determinar o impacto existente ou não no corpo hídrico.
2º Recuperação de oxigênio dissolvido ou reaeração
A existência de turbulências na água é uma forma de dissolver o oxigênio consumido pelos microorganismos.
As duas etapas ocorrem simultaneamente e aliadas a outras variáveis como a vazão do rio são responsáveis pelo processo de autodepuração de um corpo hídrico.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Seminário de Educação no Campo




Nos dias 07 a 09 de Junho de 2009 realizou-se o Seminário Final de Educação no Campo organizado pela Universidade Estadual de Goiás – UEG, Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA e Fundação Universitária do Cerrado – FUNCER através do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária – PRONERA. Estava presente varias lideranças dos movimentos sociais, representante da UEG, Secretaria Municipal de Educação Ciência e Tecnologia e do PRONERA.

O PRONERA tem como objetivo principal a alfabetização de jovens e adultos em assentamentos da Reforma Agrária. Tal evento é destinado aos professores dos assentamentos com oficinas pedagógicas e palestras sobre os direitos sociais dos trabalhadores rurais, Criminalização dos Movimentos Sociais e a Questão da Terra em Goiás: latifúndio – camponês - agricultura familiar.

Através do método de ensino de Paulo Freire as oficinas foram desenvolvidas instigando os professores a utilizarem este método que consiste em uma alfabetização pela conscientização. O processo proposto por Paulo Freire inicia-se pelo levantamento do universo vocabular dos alunos através de conversas informais para a escolha das palavras que farão parte do programa. Desta forma o ensino terá significado por ocorrer através da realidade do aluno que é parte integrante e sujeito criador de sentido cultural, de subjetividade-identidade, de significação de cidadania e não apenas receptores de conteúdos, através de técnicas e procedimentos tradicionais.


Tecnologia Social PAIS


A Secretaria de Educação Ciência e Tecnologia em parceria com a Diretoria de Agricultura, de Meio Ambiente e Secretaria de Desenvolvimento Social tem movido ações para a implantação da Tecnologia Social PAIS que consiste em uma produção agroecológica integrada e sustentável a ser implantada nas 4 escolas rurais e na Escola Agrícola do município de Anápolis. No dia 03/07 houve uma reunião no SEBRAE de Goiânia para debater sobre a implantação do PAIS alem de visitar uma planta demonstrativa no local.
A Tecnologia Social PAIS reúne técnicas simples de produção agroecológica e de promoção do desenvolvimento sustentável. O modelo já é utilizado em mais de 1000 lotes em vários Estados do País e é destinado, principalmente, a agricultores familiares de baixa renda. O grande diferencial do PAIS, em relação a outras técnicas, está na produção de alimentos mais saudáveis, sem o uso de agrotóxicos, com o aproveitamento rentável dos recursos de solo e água, alem de ser montada em forma circular para facilitar o acompanhamento da produção e o sistema de irrigação.

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Pinte seu telhado de branco


O Green Building Council Brasil lançou a campanha "One degree less" (Um grau a menos!), que tem como principal objetivo conscientizar as pessoas da importância de pintar os seus telhados de branco. Esta campanha incentiva e pede para que todos os telhados e tetos, principalmente das grandes cidades, sejam pintados de branco para diminuir os efeitos do aquecimento global.
Todos os dados foram pesquisados cientificamente. Segundo estudos da Universidade de Berkeley (CA, USA) cerca de 25% da superfície das grandes cidades é composta de telhados. E a imensa maioria desses telhados são escuros, por causa disso refletem apenas 20% da luz solar. Mas se fossem pintados de branco, compensariam 10t de emissão de CO2 a cada 100m2! Isso porque o telhado branco reflete mais a luz solar e absorve menos calor. Se 70% dos telhados fossem pintados de branco, surgiria uma compensação ambiental equivalente à emissão de 11 bilhões de carros por ano. Isso é equivalente a tirar das ruas cerca de 600 milhões de carros, por 18 anos! E ainda podemos ir mais longe. Se em 20 anos todos os telhados forem pintados, teremos o mesmo efeito que se metade dos carros que rodam em todo o mundo fossem retirados das ruas!
E se você gostou e quiser pintar tudo de branco, saiba que com as superfícies externas da casa pintadas de branco, menos calor penetra na casa. O que pode gerar uma variação de até 5 ºC na temperatura interna da casa! (Já da pra economizar no ar-condicionado e no ventilador!).
Atitudes simples, se feitas em conjunto, podem melhorar o mundo mais do que você imagina.


Luciane Puglisi Marreto